Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Tenho muitos. Tenho cada vez mais. Durante uns tempos decidi fingir que isso não era um tema. Faz parte. Nada de mais. Pintar é uma seca. Estraga o cabelo. Demora tempo. Deixar andar.

Um dia alguém da equipa no trabalho disse-me que devia começar a pintar. Que parecia mais velha assim. Parecer mais velha na curva dos quarenta não é bom. Mas pintar o cabelo é uma seca. Parecer velha também. Comecei a pintar de vez em quando.

Drama das raízes. Primeiras duas semanas tudo ok. Depois cabelo a 2 cores. Péssimo. Passei às nuances. Sempre disfarça alguns brancos das raízes. Então, primeiras três semanas tudo mais ou menos ok. Depois péssimo.

Um dia, diz-me o marido de manhã na casa de banho que de facto eu estou a ficar muito branquinha. Que de facto assim pareço mais velha. Ele que nunca me diz nada.

Decisão: pintar o cabelo de 4 em 4 semanas máximo. De 3 em 3 meses pintar todo e fazer nuances. No meio fazer só raízes. Escolher um bom cabeleireiro, tinta de boa qualidade. Champôo específico cor, condicionador específico. Tentar que o cabelo não se estrague ou fique seco. Agora no verão usar condicionador para o sol e antes da praia colocar spray protector. Tem que ser.

Os cabelos brancos nos homens dão charme. Se o homem tiver cuidado consigo, algum cuidado com a sua imagem, os brancos dão charme. Tenho amigos bem giros agora aos 40 já bastante grisalhos. Quando digo giros é mesmo bem giros (claro que antes dos brancos já não eram feios). Ou seja os brancos não pioraram. A imagem da idade deu-lhes qualquer coisa boa.

Com as mulheres isso não acontece. A partir de certa idade os brancos são mesmo só isso. Um sinal de idade. Que normalmente não é bom. Há senhoras com mais idade às quais o cabelo branco (meio acinzentado, meio azulado) até fica bem. Mas parecem isso mesmo. Senhoras com uma certa idade. Eu não me sinto uma senhora de certa idade. Por isso, há que pintar o cabelo. Todas as quatro semanas.

Assim, todos os meses há que pagar a casa, escola, gás, água, luz, tv, ... e o cabeleireiro. Mais vale encarar como despesa fixa. Eu que só ia ao cabeleireiro para cortar o cabelo. Raios.