Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Há 1 tema sobre o qual não consigo ter opinião...

Refiro-me à proibição de usar os véus nas escolas em França...

Se por um lado as escolas são laicas (que não é bem o nosso caso com muitos cruxifixos espalhados por aí...) e a liberdade religiosa existe, as pessoas são livres de usar o que bem quiserem... dentro de alguns limites que a sociedade vai imponto (assim de repente pode não ser muito razoável que a malta vá nua para a escola, não é?...). Ou seja, pode-se usar calças de skater, roupa preta gótica, fios com cruxifixos ou um véu na cara, não?

Por outro lado aquele véu representa a condição feminina , o seu nível de autonomia, tratamento, direitos e obrigações... E por isso a minha dificuldade em concordar com a utilização do mesmo! Pode até ser que elas próprias concordem com a sua utilização... mas como podemos nós saber que de facto elas têm a opção de concordar ou não? Têm elas a informação, o poder, a liberdade para decidir? Não me parece...

E por isso a tentação de concordar com a proibição... mas assim como concordar com os outros símbolos religiosos? Porque esses não me ofendem?Porque sempre convivi com eles? Porque me identifico com eles?...

O que vos parece?

Em conversa cá em casa simplificámps que o uniforme é o ideal...

O rapaz grande da casa estudou na África do Sul e lá o uniforme é comum e ele sempre me disse que achava que cá também devia ser. "Todos iguais!"

Nunca concordei. Sempre pensei que os uniformes, tal como os costumo ver, calção para menino com camisa branca, gravatinha à vezes, eram um disparate total. Porque camisa branca para crianças pequenas só pode ter sido escolhido por quem nunca lava roupa e acima de tudo porque limita a identidade própria de cada um...

Calhou-me em destino colocar os pikenos num colégio que tem farda. Felizmente é uma farda boa (calças de ganga de qualquer tipo, com polo de manga curta ou manga comprida ou polar de ineverno do colégio). É cara mas mesmo assim para além da facilidade de os vestir de manhã parece que nem fica tão caro como comprar roupa à séria para os petizes.

Será que a solução é o uniforme?

Porquê numa altura em que o mundo ocidental e o islâmico se mostram tão distantes separá-los ainda mais? É esta mais uma pressão sobre essa distância?

Claramente tenho que pensar mais nisto...

1 comentário

Comentar post