Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Tenho feito poucas visitas aqui ao sítio... (e foi bom vir cá hoje e saber que um amigo daqueles de longa data e para sempre esteve por aqui a visitar-me :)! que sejas muito bem vindo! ).

Porque tenho vindo tão pouco? A razão é recorrente... chama-se trabalho... e tem sido muito, mesmo muito.

Esta semana senti-me quebrar. Na 2ª feira vim para casa lá para as 9 e meia, mesmo a tempo de ler a historinha aos míudos, e confesso que só me apetecia chorar no caminho para casa (o que não é muito comum em mim...). Foi uma noite dura. Tive aquela consciência forte, quase física, de que estava a perder tempo dos meus filhos e que nada vale isso. E fiquei a trabalhar em casa pela noite dentro. Foram só 3 horas de sono e um dia de 3ºfeira para esquecer... Mt duro. Mas o projecto está a correr muito bem e pode ser que desta vez... as coisas aconteçam mesmo :).

Este tema do work life balance, tão em moda agora nos livrinhos de gestão... anda a fazer-me pensar na vida.

Gosto do que faço, gosto mesmo muito do que faço. E tenho muita sorte porque não há muita gente neste país a fazer a poder fazer o que eu faço. Sobretudo para 1 pessoa com o meu perfil. Uma engenheira recém convertida... Claro que podia ser mais bem paga. Não me pagam o suficiente para o que eu lhes dou, mas... continuo a gostar muito do que faço.

Agora como equilibrar isso com o resto da minha vida? Com as crianças, 1 pessoa ao meu lado de quem sinto falta, a família, os amigos, os meus gostos pessoais e tudo o mais?

Como fazem todas as outras pessoas? Como pode o trabalho exigir assim tanto de nós? Será razoável? Serei eu razoável?

Como se criou esta cultura nas empresas de termos que estar sempre disponíveis? Que temos que ser dedicados muito para além daquilo que é o nosso horário de trabalho?

Como se criou esta ideia de que se tem que trabalhar muito? Muitas horas? Não tirar férias? Não ter tempo para a família?

É que isto no longo prazo não é sustentável... Dizem lá os livrinhos de gestão da moda que pessoas felizes (e isso deve querer dizer com todas as horas de sono necessárias, que têm tempo para família, hobbies e etc...) são mais produtivas... Será que posso oferecer 1 desses livrinhos aos chefes lá no trabalho?

E sei que ando chata com este tema. Que me queixo muito. E sim... têm razão quando dizem que eu até gosto desta adrenalina. Que fico entusiasmada com esta tensão toda à minha volta. Que não gostaria que fosse diferente.

Mas tenho que arranjar maneira de isto se tornar mais equilibrado...

É que agora até tenho aqui neste estaminé 1 visita que gosta de cinema... e o último filme que vi no cinema foi o Ice Age 3 (versão portuguesa) com os miudos. E em casa só coisas muito pouco interessantes. Não é fácil arranjar coisas "partilhadas com amigos da net" realmente interessantes. E sinto falta disso. De ver 1 bom filme. Ler 1 bom livro. Ler o economist inteiro. Ouvir 1 CD de uma ponta à outra. Interessar-me por coisas da actualidade.
E há algumas a acontecer que bem merecem ser comentadas...

como por exemplo estas vergonhas que se andam a passar nas portas de tribunais, pais incompetentes e incapazes a pedir que se revertam decisões a favor da adopção... Mas isso comentarei noutro dia...

Agora caminha... E sim, eu prometo! Não vou voltar a lamentar-me com isto. Mas claramente tenho que dar 1 jeito nisto... até porque isto me faz cabelos brancos e ISSO É QUE NÃO PODE SER MESMO! :)

1 comentário

Comentar post