Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Casa da Ju

Um blog sobre DIY, Costura, Livros, Filmes e mim…

Recebi há pouco tempo um Surface da Microsoft. Para além de estar maravilhada com aquilo (quase a deitar fora o ipad por causa desta nova maquineta, conto noutro post) percebi que não tinha nenhuma bolsa capaz para o guardar. A mochila do PC é demasiado grande, ficaria a nadar lá, e todas as outras malas que tenho são também muito grandes.

Decidi fazer uma.

Tentei escolher tecidos sóbrios (aquilo é para levar para o escritório) mas acabei por me entusiasmar com um forro vermelho às bolinhas brancas.

Fiz com uma bolsa por fora para poder colocar um caderno. Utilizei umas molas magnéticas (75cent na loja do chinês) e umas fitas que tinha por cá. Para proteger melhor alcochoei a bolsa. Para o alcochoado ficar direitinho cosi sempre em cima dos corações.

3 horas. Sem grandes dificuldades. Ficou sem grandes imperfeições.

Fotos abaixo.

O que vos parece?

 

IMG_0357.JPG

IMG_0358.JPG

IMG_0359.JPG

IMG_0360.JPG

IMG_0361.JPG

IMG_0362.JPG

 

 

Aproveitei umas calças de ganga manchadas para fazer uns calções agora para o verão.

Projecto bem simples. Cerca de 1 hora e custo baixo.

Comprei renda e fita azul em Campo de Ourique (aquela retrosaria é 1 perdição) e foi 1 instantinho.

Primeiro cortei pelo comrimento desejado, prendi a renda e fita azul com alfinetes e depois foi só coser. Escolhi linha azul porque embora as calças estivessem cosidas a amarelo, o amarelo me pareceu muito ostensivo.

IMG_0295.JPG

IMG_0299.JPG

 

IMG_0302.JPG

Ficaram bem giros! Depois mostro como me ficaram vestidos.

Principais desafios: coser ganga na zona das costuras já feitas é 1 inferno com uma máquina pequena como a minha. Mesmo usando uma agulha bem grossa não é fácil. Basicamente é fazer força e rezar para a agulha não partir.

Que tal? O que vos parece?

 

 

Último projecto de costura.
Uma capa para livro. Presente de aniversário da amiga A.S.
Gosto de oferecer livros e este é um que gostei bastante e que me fez descobrir o Philip Roth há já uns anos, na minha opinião um dos maiores romancistas vivos norte americano. Gosto bastante.

O livro por si só já é uma prenda muito pessoal. Só ofereço quando há uma relação próxima com o outro. Um bom conhecimento. É um óptimo presente porque é claramente um presente de ligação… Eu tenho que conhecer bem o outro para saber o que oferecer e como só ofereço coisas que tenha lido e gostado, ofereço também um pouco de mim. E uma forma de estender o que ofereço de mim é complementar a oferta com uma capa feita por mim.
São especialmente boas para a praia. Protegem os livros para além de que, na minha opinião, são muito giras.
Esta demorou cerca de 2 horas a fazer. O que vos parece? 





Os tecidos foram comprados numa loja nova de tecidos e retrosaria para patchwork e trabalhos manuais (não tem tecidos para roupa) numa perpendicular da av. de Roma. Não me recordo do nome da rua e da loja mas entretanto aviso qual é… vale a pena conhecer. Agora começa a haver uma oferta interessante deste tipo de loja. Em Campo de Ourique agora há também uma nova bem interessante. Pena que sejam carotas…

São bastante fáceis de fazer. Só dão um pouquinho mais de trabalho porque gosto sempre de colocar uma entretela almofadada (que serve também de enchimento) e isso no final dá sempre mais trabalho porque exige mais da máquina de costura (cozer sobre tantas camadas de tecido é um desafio para a minha habilidade e agulhas!).

Digam de vossa justiça!
Precisamos de quadros para a casa do Alentejo. Uma coisa que encaixe. Nada de muito rústico, nada de muito sofisticado mas com um toque tradicional.
Então surgiu a ideia de usar naperons (feitos especificamente para o efeito pela mãe querida):
  • 1 naperon, 
  • tecido vermelho (fica bem com as aduelas das portas),
  • moldura do IKEA,
  • fita grega vermelha
Et voilá!

Depois do Natal vamos para lá uns dias e penduramos no corredor. Dps mostro.



Tenho várias camisas dos rapazes que lhes deixaram de servir. Estão óptimas, quase nunca as vestiram e não temos ninguém próximo a quem dar. Desta vez pensei que em vez de dar no banco solidário podia experimentar uma abordagem diferente. Assim, amanhã na noite de Natal vamos se a M. vai gostar.

Antes:


Depois:



Retirei as mangas e cortei a direito antes do colarinho. Acrescentei renda, cosida com uma fita as bolinhas e umas alças também as bolinhas. Depois foi só colocar um lacinho mais abaixo.
Gostei do resultado!

E para completar os presentes de Natal fiz mais uns aventais para umas amigas minhas e filhas...
Para as amigas menos "Barbie" escolhi o azul escuro com as bolinhas vermelhas...
Ficou catita, não?

Outra coisa importante... mudei o meu estaminé da costura para o escritório. Agora tenho um espaço onde tenho uma boa parte das coisas que gosto! Está é a precisar de alguma arrumação, mas com o tempo vai lá. 
Uma outra ideia que me surgiu, depois de já ter visto milhares na net e de sempre ter tido vontade de experimentar, foi oferecer livros com capas... Assim pode pensar-se numa prenda verdadeiramente personalizada... pelo esforço envolvido e pela escolha do livro.

Esta que fiz deu um mais trabalho porque decidi alcochoar a capa e coser aquilo aquilo tudo minimamente direito ainda deu algum trabalho.

Fotos abaixo!

P.S. Li o livro em questão estas férias. Le-se bastante bem. É claramente um livro de férias, de leitura muito rápida e fácil. Não é literatura e duvido que volte a ler mais do autor. Muito descartável mas para a praia funciona bem. Nas férias li um outro que tenho que comentar aqui... Muito bom e muito pouco de férias...




Outro dia a passar num centro comercial vi `a venda uns aventais bem engraçados (e caros) que me lembrei de imediato de fazer em conjunto para oferecer a amigas minhas e respectivas filhas. Avental grandote para a mãe e avental igual para a filhota.

Fui comprar os tecidos e comecei a saga dos aventais. Ainda me falta fazer uns em azul. Já fiz dois grandes e dois pequenos (giro, giro foi o 31 de tentar convencer os G's a fazer de modelo para experimentar os aventais pequenos... mas eles colaboraram bem!).

Aqui ficam as fotos de um exemplar cor de rosa grande.
O que vos parece?







Pois é... Este ano sempre consegui começar com alguma antecedência alguns projectos de Natal.

Assim, uma coisa que tenho estado a fazer são umas golas, que agora se usam imenso, para oferecer a amigas que façam anos por esta altura ou para o Natal.

A ideia surgiu com uma saia que comprei na Zara em super saldos (5euros!) mas que para além de não me servir tinha um modelo horroroso (basicamente ficava com um ar de espanador gordo...). Assim aproveitei o tecido para fazer umas golas...

E são muito fáceis de fazer. Um pouco de elástico na canela da máquina e já está!
Depois de ter experimentado com o tecido da saia comprei tecido em lã com uns brilhantes (o que dá logo um ar mais sofisticado `a coisa). Aqui ficam as fotos. 

Para amigas que gostem de coisas mais simples comprem um tecido em lã em bege, com um ar bem discreto (mas para esses ainda não há fotos porque ainda ainda não fiz nenhuma... e o Natal é já daqui a 2 semanas!!!!)